PALMEIRA

Tentaram cortá-la aos quatro anos,
ainda era uma mudinha, mas as
raízes eram fortes. Arranhou-se.
As cicatrizes apareceram aos
dezoito. Cresceu. Temporais
vieram, raios estremeceram,
chuvas, vendavais, tornados,
fenômenos naturais. O ser humano
a tentar lhe descascar, puxa folha
por folha até sangrar. Não sangra
por fora, estanca por dentro. Resiste.
Resiste ainda para além dos trinta.
Copas verdes com pés fincados
no solo. Estratégia de Palmeira
para sobreviver com um coração
íntegro a forjar sua solidez.

G.

É possível, se eu quiser…

*Somos todas puritanas.
Publicado em @ladiesstrongs, curte lá!

É possível que eu te enquadre,
Meu Bem,
num quadro da parede,
ao lado meu,
ou num artigo de lei…
Sabes, não és um rei e
não tenho interesse de
fazer parte do teu harém.
Não tenho medo de queimar,
arder em chamas, delirar,
ser pimenta intensa,

agridoce…

Meu signo solar é água,
meu planeta Plutão,
o que não me falta é
percepção, perjúrio
e oração.

Lá, somos todos pagãos,
em prece ou não.

Meu corpo, porém,
foi desenhado para
ser livre,
autônomo,
individual.

Meu…

E, sendo meu,
somente será teu
se
Eu quiser.

G.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Cacos do Cálice

Meus olhos se encheram
de lágrimas e cristais
do cálice de domingo,
quebrado, estilhaçado
pelo porre Nacional…
Desde lá meus olhos
doem e sangram pedaços
de desesperanças, uma
melancolia que só tem
alento quando olho para
as crianças e rogo a
Deus que os cacos do
cálice não limitem os
sorrisos infantis, a
doçura do olhar, o direito
de sonhar uma liberdade,
em liberdade.

G.

Recomeçar

A cura de nossas dores
rancores, mágoas, a cura
de nossa alma ferida só
começará a dar os primeiros
sinais de alívio
no dia em que retribuirmos
os afetos que recebemos e
pararmos de reagir às ofensas
e agressões…
Recomeçar!
Recomeço a escrever,
escrevo o recomeço
escrevo por amor.

G.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.